Índice da Cesta Básica – Informativo nº 02 (Março/2021)

Postado por: Maik Oliveira Silva

Apresentação

 

Este projeto de extensão da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul tem como objetivo mensurar e divulgar mensalmente à população do município de Chapadão do Sul/MS o Índice da Cesta Básica, permitindo o acompanhamento da evolução do custo dos itens alimentícios básicos e da variação do poder de compra de seus habitantes.


A metodologia adotada segue à da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos realizada pelo DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) nas capitais do país. Os itens básicos pesquisados foram definidos pelo Decreto Lei nº 399, de 30 de abril de 1938, que regulamentou o salário mínimo no Brasil e está vigente até os dias atuais.
O Decreto determinou que a cesta de alimentos fosse composta por 13 produtos alimentícios em quantidades suficientes para garantir, durante um mês, o sustento e bem-estar de um trabalhador em idade adulta. Os itens e quantidades estipuladas foram diferenciados para a região do estado de Mato Grosso do Sul, de acordo com os hábitos alimentares locais.

Custo da cesta básica do mês de março/2021

O custo da cesta básica necessária para o sustento e bem-estar de um trabalhador em idade
adulta no município de Chapadão do Sul no mês de fevereiro foi de R$ 511,90, o que representa uma
redução de 2,75% em relação ao custo da cesta no mês de fevereiro (Tabela 1). No mês de março
houve uma redução no preço médio da maioria dos itens da cesta básica, especialmente no caso do
tomate (-30%) e da batata (-25%); em contrapartida, o pão francês, com uma variação de 14%, foi o
item que sofreu maior aumento no preço (Tabela 2).


Tabela 1 Custo da cesta básica no mês de março/2021.

 

Alimentos Quantidade Custo Mensal
Carne
Leite
Feijão
Arroz
Farinha
Batata
Legumes – tomate
Pão francês
Café em pó
Frutas – banana
Açúcar
Banha/Óleo
Manteiga
6,6 kg
7,5 L
4,5 kg
3,0 kg
1,5 kg
6,0 kg
9,0 g
6,0 kg
600 g
90 un
3 kg
900 g
750 g
R$ 224,80
R$ 33,49
R$ 35,15
R$ 15,72
R$ 5,24
R$ 25,29
R$ 33,21
R$ 56,13
R$ 10,76
R$ 45,48
R$ 8,09
R$ 7,59
R$ 10,97

    Total                                                                                  R$511,90

 

Tabela 2 Preço médio e variação do preço dos alimentos no mês de março/2021.

 

Alimentos Preço Médio Variação*
Carne
Leite 
Feijão
Arroz 
Farinha
Batata 
Legumes – tomate 
Pão francês 
Café em pó 
Frutas (banana) 
Açúcar 
Óleo de soja 
Margarina 
R$ 34,06
R$ 4,47
R$ 7,81
R$ 5,24
R$ 3,50
R$ 4,22
R$ 3,69
R$ 9,36
R$ 8,97
R$ 5,62
R$ 2,70
R$ 7,59
R$ 7,32
2%
-5%
-5%
 
3%
-8%
-25%
-30%
14%
-2%
5%
-10%
-4%
1%

* Variação em relação ao mês de fevereiro/2021

 

Salário Mínimo Necessário

 

Salário Mínimo Necessário e horas trabalhadas para aquisição da cesta básica Para garantir o acesso à alimentação básica necessária ao sustento de um trabalhador adulto, estimou-se que, no mês de março, o salário mínimo necessário deveria ser de R$ 1.391,90. No mesmo mês, o trabalhador que ganha um salário mínimo precisou trabalhar 102 horas e 23 minutos para adquirir uma cesta básica. Quando aplicado o desconto de 7,5% para a Previdência Social, verifica-se que o trabalhador remunerado pelo piso nacional comprometeu, no mês de março, 50% do salário mínimo líquido para comprar os alimentos básicos

 

Equipe

 

Giovanna I. B. de Medeiros Florindo – Professora coordenadora
Thiago José Florindo – Professor coordenador adjunto
Alexandre Beutling – Professor colaborador
Lorena Stolle – Professora colaboradora
Maik Oliveira Silva – Técnico colaborador
Aline Santos Castro – Acadêmica do curso de Administração
Crislaine Tibério Barboza – Acadêmica do curso de Administração
Eude Saturnino da Silva – Acadêmico do curso de Administração
Isabela Mendes da Silva – Acadêmica do curso de Administração
Flávia Penha Barbosa – Acadêmica do curso de Administração
Luan Fernando Stadlober – Acadêmico do curso de Administração
Vinilha Grigorio da Silva – Acadêmica do curso de Administração

 

                                                                                                   contato

 

                                                                                                                                                                

 indicedacestabasicaufms                     indicedacestabasica_ufms                indicedacestabasica@gmail.com